O alcance orgânico no Facebook é um assunto que gera muitos questionamentos.

Principalmente, depois das mudanças nos algoritmos implementadas por Mark Zuckerberg e sua equipe.

O fato é que as páginas do Facebook dependem dos algoritmos para distribuir os conteúdos produzidos para as redes sociais com o máximo de alcance orgânico possível.

Desse modo, as atualizações constantes impactam diretamente o volume desse alcance, gerando uma necessidade de adaptação.

Nesse post, comentamos sobre as novas atualizações no Facebook e o que fazer para a sua página sobreviver a elas.

Prossiga na leitura para conferir!

Afinal, o que é alcance orgânico?

O alcance orgânico é uma métrica que analisa a quantidade de pessoas que receberam um conteúdo sem que houvesse a necessidade de pagamento de anúncios para isso.

O que faz um conteúdo ser visto como prioridade pelo usuário é o que chamamos de algoritmo.

De modo geral, o algoritmo é a ferramenta que determina os interesses de cada um.  

Ora, e como ele define esses interesses?

Veja alguns exemplos:

  • O tempo que um usuário passa por um post;
  • As reações e as interações com a sua rede de amigos. 

Para ilustrar, imagine que um usuário tem contato diariamente com duzentos posts.

Mas, desse volume, só uma pequena parcela chama a sua atenção.

Desses, ele responde gastando um tempo maior para ler o post, curtir, comentar, compartilhar ou interagir.

Para o Facebook, o que chamou a atenção está entre os interesses do usuário.

Desse modo, ele usa esses dados para proporcionar mais e mais conteúdos semelhantes.

Porém, a problemática atual em relação ao alcance orgânico do Facebook é que ele determinou que o novo algoritmo deve valorizar mais os gostos pessoais ou os conteúdos originais que tenham gerado interação.

Então, o que conta mais a partir de agora?

O número de pessoas que interagem com um post, reações, comentários e compartilhamentos das publicações e os posts de amigos e família.

O alcance orgânico no Facebook

De acordo com o Facebook, o alcance orgânico nada mais é do que o número total de pessoas que viram suas publicações por meio de uma distribuição não paga.

Antes ele considerava como alcance orgânico o conteúdo que aparecesse no feed, independente da exibição na tela.

Hoje, ele contabiliza somente quando a publicação aparece de fato, na tela.

Portanto, houve uma pequena atualização em relação ao alcance orgânico.

Afinal, como aumentar o alcance orgânico no Facebook em tempos de mudança?

A partir disso, o Facebook afirma que a atualização efetuada não muda a forma como suas publicações são veiculadas, ou quem visualiza ou se envolve com a publicação (por meio de curtidas, comentários e compartilhamentos).

De acordo com ele, essa atualização pode resultar em um alcance orgânico menor para uma página.

Por outro lado, ela também permite uma comparação mais precisa entre publicações pagas e orgânicas.

Na prática, o segredo para manter um alcance orgânico e um engajamento alto está no comprometimento da página com um cronograma constante de publicações de bons conteúdos que não foquem exclusivamente em vendas, mas que contribua com o compartilhamento de informações realmente úteis aos usuários.

O investimento é a chave

Por isso, as páginas que pretendem sobreviver no Facebook precisam produzir conteúdo de qualidade e lógico, precisam também investir um valor em anúncios para um público segmentado.

Se a ideia é alavancar um negócio através das redes sociais, investimentos são necessários, assim como o investimento em conteúdos estratégicos.

Mesmo porque o Facebook não é uma rede social qualquer, mas uma imensa concentração de dados que podem resultar em excelentes campanhas, se houver segmentação.

As agências de marketing digital estão capacitadas para elaborar conteúdos certeiros e relevantes para o público da sua empresa e assim, entregar resultados efetivos.

Você está preocupado com a gestão das redes sociais da sua empresa?

Então faça o download do e-book “Guia do marketing no Facebook”. É só preencher o formulário abaixo!


Este post tem 3 comentários

Deixe uma resposta

Fechar Menu